terça-feira, 12 de junho de 2007

Sobre ontem...

Quando se está sozinho, o Dia dos Namorados não é uma data especial. Quando não passa em branco para os "avulsos", eles desenvolvem uma verdadeira aversão ao 12 de junho. Compreensível: não bastasse a certeza de não ganhar nenhum presente, ainda há o inferno de precisar enfrentar lojas insuportavelmente lotadas em nome do clima de romance que parece tomar conta do universo no dia fatídico. (Ei, juro que não sou um solteiro-recalcado...)
Pois bem, ontem foi Dia dos Namorados. E um dos meus amigos (também da trupe dos avulsos) resolveu desabafar no meu scrapbook: "vc já teve vontade de sair metralhando os casais felizes?? Hj eu quase matei uns dez no caminho de casa!!!". Achei muita graça! Claro que meu amigo está fazendo piada, mas esse clima de felicidade é um pouco irritante. Não por estar solteiro, mas por notar um tremendo clima de artificialidade pairando no ar...

3 comentários:

  1. É isso aí, Murilo para presidente! É tudo marketing!!! Hahaha! Bj, Bella.

    ResponderExcluir
  2. Nem sempre, nem sempre.
    Ainda existem amores verdadeiros. E eu tolo, ainda acredito.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Mas no dia 12 eu comemorei outras coisas: http://finaldenamoro.blogspot.com

    ResponderExcluir